Entenda a famosa "dor de lado"

Entenda a famosa "dor de lado"

28 de Agosto de 2018
em Corrida

Dor de lado: sabe como evitar?

Veja dicas

O ritmo da corrida está rápido e você não consegue cadenciar a respiração com as passadas. De repente, uma dor de lado aguda muito forte te faz parar de correr. Mas, depois de alguns minutos, ela passa. Conhece essa sensação? É aquela dorzinha que costuma tirar muita gente de treinos e corridas por aí.

Entenda o que é a dor de lado e como escapar dela nos treinos e provas:

O que é a dor de lado?

– Muitas teorias já foram levantadas sobre essa dor. Atualmente, especialistas concordam com a teoria de que a  dor de lado acontece em um ligamento que sustenta o fígado e o baço. Durante um treino intenso, que vai além do nosso condicionamento físico, esse ligamento entra em fadiga e fricciona o órgão. De forma simples, a dor de lado acontece quando praticamos um exercício intenso acima do limiar anaeróbico do nosso organismo. É o limite entre o exercício desconfortável e praticar uma corrida de forma confortável. Basicamente é uma dor aguda no baço que te tira do treino.

Estou respirando errado?

– Muita gente acredita que a dor de lado acontece porque a respiração está errada, e para continuar correndo, tentamos até mudar o modo como respiramos. Porém, não tem muito a ver. Quando não estamos condicionados, se não tem cadência de respiração para absorver uma quantidade boa de oxigênio para o músculo e para os órgãos vitais, o corpo dói. Mas não tem a ver a respiração, é pura fadiga do músculo, falta de condicionamento físico. Você foi além do limite e seu corpo reclamou. A respiração errada atrapalha o desempenho, mas não é a responsável pela  dor de lado.  O condicionamento cardiorrespiratório sim.

Por que sentimos a dor de lado?

– São dois tipos de respiração que nosso organismo realiza: a externa, que capta o ar pelo pulmão; e a interna, que leva o oxigênio da corrente sanguínea para o músculo. Se você não está condicionado, acaba absorvendo muito pouco desse oxigênio para a corrente sanguínea (VO2 max), que precisa jogar o ar para os músculos, e acaba tirando esse oxigênio do centro, dos órgãos vitais.

Fisiologia: como a dor de lado acontece

– Durante uma corrida, os músculos estão gerando uma demanda alta por oxigênio para gerar energia. Então, o oxigênio que você está absorvendo vai todo para a periferia, para a musculatura. E, com isso, os órgãos vitais ficam sem ar para executar suas funções. O nosso primeiro mecanismo de segurança que é ativado, é o baço. No momento em que o corpo sente que o sangue está baixo nos órgãos vitais, o baço dói, – para que você interrompa a atividade e o sangue volte a circular corretamente.

Como faz para parar de doer?

– Quando dói, é impossível dar continuidade na corrida. Basta parar, respirar um pouco e em alguns minutos o fluxo sanguíneo volta ao normal e você consegue voltar a correr. Mas, não se preocupe. A dor de lado acontece frequentemente com pessoas sedentárias ou sem condicionamento físico suficiente para a intensidade do treino. Conforme você vai exercitando o seu corpo, menos dor de lado irá sentir.

Como evitar

Quer saber uma dica fácil para não sentir dor de lado nunca mais? Ter a corrida ou o esporte como estilo de vida, para manter o condicionamento sempre alto e diminuir a chance da dor de lado de tirar de algum treino ou prova.

Também vale ter paciência nos treinos e respeitar os limites do corpo. Aumente gradualmente o volume e a intensidade de treino, até que o corpo se habitue ao esforço.

Não comece a correr sem aquecer. Quando o corpo está frio e você sai para uma atividade intensa como a corrida, é preciso que aqueça antes. Se o ritmo for forte demais, você pode sentir a dor de lado;

Não ultrapasse o seu limite. O corpo tem um limite de absorção de oxigênio, chamado de VO2 máximo. Dói o lado quando você vai além do limite cardiorrespiratório.

Alimentação pesada antes do treino. Evite comer comidas pesadas demais antes de treinar. Com o estômago cheio comprimindo o diafragma, a dor de lado pode aparecer.
 


Fonte: O2 Corre