Coordenação Motora e Sua Importância

Coordenação Motora e Sua Importância

08 de Janeiro de 2018
em Dicas

A coordenação motora é a capacidade do cérebro de equilibrar os movimentos do corpo, mais especificamente dos músculos e das articulações 

A coordenação motora é dividida em quatro categorias principais: a coordenação motora grossa, a coordenação motora geral, coordenação motora específica e a coordenação motora fina.

Na coordenação motora grossa, verificamos o uso de grupos de músculos maiores e o desenvolvimento de habilidades como correr, pular, chutar, subir e descer escadas, que podem ser desenvolvidas a partir de um plano sistemático de exercícios e atividades esportivas.

A coordenação motora geral é a capacidade que as pessoas têm de usar os músculos esqueléticos da melhor maneira possível. Esse tipo de coordenação motora faz com que os adultos e as crianças consigam dominar os próprios corpos e assim controlar todos os movimentos, até os mais rudes.

A coordenação motora geral é essencial para que as pessoas andem, rastejem, pulem e façam outros exercícios do mesmo tipo.

A coordenação motora específica permite que as pessoas possam controlar os movimentos específicos para realizar um tipo determinado de atividade. Por exemplo, para chutar uma bola, o corpo precisa de uma determinada coordenação motora, para jogar basquete, uma coordenação motora diferente, e assim sucessivamente.

A coordenação motora fina, é responsável pela capacidade que nós temos de usar de forma precisa e mais eficiente os pequenos músculos que estão no nosso corpo, para que assim eles produzam movimentos mais delicados e bem mais específicos que outros tipos de coordenação motora.

Algumas pessoas ao longo do tempo acabam perdendo suas habilidades de fazer movimentos básicos, por isso a importância de um treinamento especifico para a melhora dos movimentos. Exercícios que podem contribuir para o desenvolvimento da coordenação motora são: trabalho de agilidade, agachamento uni lateral, malabares entre outros.

As consequências do não desenvolvimento da coordenação motora são principalmente a noção espacial prejudicada, lateralidade precária e o tempo de reação defasado.

O equilíbrio é um fator de grande importância para o ser humano, pois sem ele seria difícil ou até impossível a realização de algumas tarefas. Trata-se de habilidades das articulações que as fazem retornar ao seu estágio inicial após a realização de um movimento que provoca instabilidade.

O Treinamento Funcional trabalha muito o desenvolvimento motor e várias outras valências, como o equilíbrio, força, noções de espaço e tempo. O corpo com todos esses grupos trabalhando em harmonia se torna útil para o dia-a-dia, fazendo seus movimentos básicos como agachar, carregar sacolas do mercado, subir escadas com riscos reduzidos de sofrer alguma lesão.

Portanto, procure um profissional de Educação Física para ter o treinamento correto e especializado para uma maior qualidade nos movimentos.

Fonte: Portal São Francisco


Fonte: Portal São Francisco